quarta-feira, 18 de julho de 2012

Funny clutches!

As mais atentas provavelmente já viram por aí as maxi clutches com desenhos divertidos da Prada, né? Acredito que a de coquetel é a mais conhecida. Mas é fato que elas viraram queridinhas e muitas fashionistas já circulam com a sua!


Para looks zero monotonia, digo e repito que acessórios divertidos são o caminho! Imagina esta clutch com um jeans e uma camiseta branca? Não precisa de mais nada, né?


A blogueira Chiara Ferragni sabe disso e frequentemente posta fotos com a sua - azul pastel com o coquetel. Boquinha com cigarro, dados, cerejas, carrinhos soltando fogo são outros desenhos super divertidos que aparecem nas clutches da Prada.




Aqui no Brasil, Luiza Barcellos - inspirada na Prada - também apostou nos desenhos divertidos para suas maxi clutchs do verão 2013. Patins, picolés e hambúrgueres são alguns deles. 


E vocês, curtem?

4 comentários:

Marcieli Fenili disse...

Natália,

Eu acho que a Luiza Barcellos está numa fase muito "inspired". Praticamente tudo que lança é "inspiração" de marcas gringas.. tem coisas que são iguais, sem tirar nem pôr. Não gosto disso.. acho que as marcas nacionais têm capacidade de criar suas próprias coleções sem tanta cópia, mas enfim...
Quanto às bolsas.. acho uma proposta legal, mas não dá pra pagar muito caro por uma porque logo, logo vira um objeto cafona.. eheheheheh
Eu não usaria.

Bjoo
www.blogdamarcieli.com

Natália Bohrer disse...

Oi Marcielli!
Concordo com você sobre a Luiza Barcellos e tantas outras marcas nacionais que se inspiram "literalmente demais" em marcas gringas!

Obrigada pelo comentário!

Vanessa Piovesan disse...

Nati,

Amei as bolsas são PERFEITAS, queria uma jááá!!!
Eu adoro essas inspirações, espero que cada vez tenham mais, pois só assim podemos ter acesso a tantas coisas maravilhosas e caras do mundo da das fashionistas...

Natália Bohrer disse...

É, Va! Estas inspirações nos permitem ter acesso a muita coisa linda, mas fico um pouco receosa com marcas que SÓ fazem releituras, sabe?

Acredito que nossas marcas nacionais tem potencial para criar coisas bonitas e desejáveis!